TV Senado, 25 anos: senadores destacam papel da emissora para democracia

TV Senado, 25 anos: senadores destacam papel da emissora para democracia

TV Senado, 25 anos: senadores destacam papel da emissora para democracia

Primeira emissora legislativa de alcance nacional, a TV Senado completou 25 anos de fundação nesta sexta-feira (5). Para rememorar o dia 5 de fevereiro de 1996 e celebrar o aniversário, o Senado realizou uma sessão especial com a participação remota de autoridades como o ex-senador José Sarney, presidente do Senado à época da criação da emissora, a diretora-geral do Senado, Ilana Trombka, e a diretora da Secretaria de Comunicação do Senado, Érica Ceolin.

Senadores como Paulo Paim (PT-RS), Wellington Fagundes (PL-MT) e Eduardo Girão (Podemos-CE) ressaltaram o papel da TV Senado na garantia da transparência no Legislativo, no exercício da democracia e na interação com a sociedade. O presidente da Casa, senador Rodrigo Pacheco, afirmou que um dos fundamentos da República é a cidadania. E que princípios fundamentais do Estado democrático de direito são a livre manifestação do pensamento e a liberdade de imprensa, papeis, segundo afirmou, devidamente cumpridos pela TV Senado.

— Cidadania a partir de informação de qualidade e a possibilidade de as pessoas terem conhecimento do trabalho desta Casa legislativa, a partir de um critério de liberdade de imprensa. Portanto, cumprimento a todos os profissionais e colaboradores da TV Senado, pelos seus 25 anos de existência.

Ao resgatar fatos históricos, o ex-presidente Sarney ressaltou a emoção pelo nascimento da emissora. Afirmando que uma ideia não se realiza sem executores, ele mencionou o empenho de pessoas como o secretário de Comunicação do Senado à época da criação da TV, Fernando César Mesquita, e da primeira diretora da TV, Marilena Chiarelli. Sarney disse ainda que o aniversário do canal é uma “data festiva para o Senado”.

— O Senado tem o melhor quadro de funcionários do Brasil. O Senado é uma casa de formação de recursos humanos. A TV Senado é uma grande emissora, fiscalizando o que se realiza e se faz dentro desta Casa. É um orgulho, não somente para o Senado, mas para todo o povo brasileiro. Uma forma democrática para abrir caminhos para todos os brasileiros e brasileiras, frase que repito aqui para matar a saudade — declarou.

Trabalho de excelência

Na presidência da sessão, o senador Izalci Lucas (PSDB-DF) também exaltou o trabalho dos profissionais que começaram essa história. Ele disse que o Senado mudou a partir do momento em que acreditou e investiu na comunicação, fazendo funcionar “com excelência” a TV Senado.

— Não foi fácil, exigiu muita dedicação. Por isso, precisamos dizer de nossa admiração e reconhecimento a todos que em suas funções, eletivas ou profissionais, fizeram a nossa TV Senado chegar até aqui com excelência de serviços e reconhecimento da população. Essa minha fala é de agradecimento a todos que fizeram, fazem e farão pela comunicação institucional, mas principalmente pela comunicação honesta e verdadeira do Parlamento brasileiro.

Autor do requerimento para a homenagem, o senador Eduardo Gomes (MDB-TO) ressaltou que antes de completar um ano de inauguração a TV Senado já transmitia sua programação 24 horas por dia, até nos fins de semana. Em mensagem lida na sessão por Izalci, Eduardo observou que, à cobertura institucional, somaram-se programas de entrevistas e documentários abrangendo cultura nas diferentes vertentes, “aos poucos conquistando audiência qualificada em todas as faixas de público”.

“Com um corpo técnico de excelência e profissionais da comunicação de altíssimo nível, a TV Senado celebra suas bodas de prata como um dos mais importantes veículos de comunicação do Brasil, fazendo despertar cada vez mais o interesse popular para o Parlamento brasileiro, ferramenta indispensável para a cidadania plena de um povo. Cumprimento efusivamente todos os profissionais que ajudaram a construir essa história de sucesso e a manter e projetar para o futuro um caminho ainda mais glorioso”, escreveu.

Orgulho

IlanaTrombka falou da alegria pela comemoração, ressaltando que a criação da emissora, assim como de toda a estrutura de comunicação social da Casa, deu oportunidades para gerações de jovens comunicadores. Ela lembrou o aperfeiçoamento das novas tecnologias ao longo dos últimos 25 anos e disse que “com orgulho, hoje, a TV Senado não deve nada a nenhuma outra emissora brasileira”, servindo aos senadores e à nação brasileira.

— Não deve nada, nem pela qualidade do seu corpo técnico, nem pelo investimento em tecnologia, que foi feito para que ela pudesse atender a todos os brasileiros e brasileiras. No Senado Federal nós temos como objetivo atender, da melhor forma possível, cada um dos 81 senadores, não apenas porque eles são senadores, mas porque são os representantes eleitos de seus estados e estão conosco. Por isso, eles têm a maior legitimidade e exigem de nós a maior dedicação. A nossa missão é servir ao Brasil e aos senadores. E é isso que fazemos com a TV Senado e com toda a estrutura da Secretaria de Comunicação do Senado.

Érica Ceolin disse que a data renova o apreço e a responsabilidade dela como servidora pública. A diretora lembrou que desde a época da Constituinte já se articulava a democratização da comunicação. De acordo com ela, cada vez mais o Parlamento entende a importância de ouvir a sociedade, “cada vez mais conectada e exigente da linguagem digital e que cobra eficiente e democrática aplicação dos recursos públicos”.

— A TV Senado tem sido um importante instrumento do processo democrático, pois deu voz a todos os estados brasileiros. Antes do advento da emissora, somente os políticos com ação nacional tinham espaço nos veículos de comunicação e, ainda assim, sujeitos à vontade e interpretação dos poucos representantes da mídia na época. Além de divulgar com pluralidade a atuação dos 81 senadores, a emissora é o VAR [Video Assistant Referee, sistema de apoio ao vivo para  árbitros, que dá a eles a opção de mudar decisões que poderiam influenciar a pontuação ou os incidentes da partida] do jogo político. Não há uma frase mal cortada, um post maldoso ou uma mensagem de WhattsApp com suspeita de fake news que não possa ser conferida pelas lentes da primeira TV legislativa nacional do país.

Falando diretamente dos novos estúdios da TV Senado, o diretor da emissora, Érico Gonçalves da Silveira, disse que a tv sempre está em busca do aperfeiçoamento. Ele mencionou conquistas como a inauguração do site da TV que, segundo afirmou, se aproxima do design das plataformas de vídeo on demand, a intensificação da presença digital da emissora, da atividade legislativa e dos senadores, com streamings e vídeos publicados em canais como YouTube, Facebook, Twitter e Instagram.

Érico também celebrou o número de 650 mil inscritos no canal da TV Senado no YouTube, como mais de 900 mil acessos nesta semana em que ocorreu a eleição do novo presidente da Casa, Rodrigo Pacheco. E a condição de oferecer acesso inclusivo, por meio da tradução da programação em libras, por meio do apoio de senadores como Romário (Podemos-RJ), Mara Gabrilli (PSDB-SP) e Flávio Arns (Podemos-PR).

— Meu papel aqui hoje é representar todo mundo que trabalhou e ainda trabalha na TV Senado. Não represento aqui somente o diretor da TV, mas cada jornalista, produtor, programador, designer, diretor de TV, editor de imagem, operador de câmera, cinegrafista, auxiliar, operador de mídia, enfim, técnicos e supervisores que garantem há 25 anos a TV Senado a serviço da democracia. Eu sou aqui um de vocês, oferecendo a minha contribuição à TV Senado nesse período, como cada um de vocês já fez ou faz ainda, ao seu modo e ao seu tempo.

História

Fernando César Mesquita ressaltou os desafios para implantação da TV e mencionou o empenho de todos os servidores, especialmente os que integram a Secretaria de Tecnologia da Informação (Prodasen), responsável pela informática da Casa. Ele falou do orgulho de ver o alcance que a emissora alcançou nos dias atuais.

— Chega hoje ao Brasil inteiro. Foi a primeira a entrar na internet e, nesse sentido, quero ressaltar o papel do Prodasen. O Senado hoje é a casa pública mais transparente do país, com informações instantâneas em qualquer área. Conhecimento técnico, boa vontade e conhecimento técnico dos nossos profissionais. A TV Senado continua crescendo — e com credibilidade — porque é imparcial e apartidária e completamente aberta, sem restrições.

Marilena Chiarelli também relatou os desafios para implantação do canal. Segundo ela, o ritmo há 25 anos era mais lento do que o atual, sem a modernidade. Ela destacou a atenção do ex-presidente José Sarney, que deu “carta branca ao projeto e nunca pressionou nenhum funcionário a respeito de nenhuma demanda”.

Secretário nacional de Radiodifusão e representante do Ministério das Comunicações, Maximiliano Martinhão disse que a transparência das ações do Senado e a divulgação das atividades parlamentares pela TV são um serviço relevante à democracia no Brasil.

— Quero dizer da nossa alegria, enquanto Ministério das Comunicações e órgão responsável pela expansão da TV no Brasil, de ter contribuído para essa história e para a criação da TV Senado. Enaltecer a importância dessa emissora em cobrir e divulgar nacionalmente os mais importantes fatos da nossa democracia, que em sua maioria passam pelo Congresso Nacional e em particular pelo nosso Senado Federal. Isso fortalece nossos poderes constituídos.

Professor emérito da Universidade de Brasília (UnB) e representante da sociedade civil que participou da articulação dos canais da cidadania na Lei do Cabo (Lei 8.977, de 1995), Murilo César Ramos disse que a chance de criar a TV Senado era à época uma oportunidade “jamais vista antes no universo do audiovisual brasileiro”.

— A TV Senado, pela própria potencialidade do Senado, foi a primeira que se lançou a essa empreitada de se colocar na rede. É uma história interessante — comentou.

Homenagens

Vídeos de homenagens a ex-diretores e equipe da TV Senado foram apresentados ao longo da solenidade. Vários senadores elogiaram emissora e a Comunicação Social do Senado na sessão especial. Veja o que alguns disseram nas redes sociais:

Plínio Valério (PSDB-AM)

“Viva os 25 anos da TV Senado. Através dela, o trabalho deste senador amazonense é avaliado por paulistas, alagoanos, cariocas e por aí afora. Mais que uma TV legislativa, TV Senado é um canal de notícias da melhor qualidade. Parabéns à grande equipe”.

Eliziane Gama (Cidadania-MA)

“Hoje comemoramos os 25 anos da TV Senado. Parabéns a este veículo que, com equilíbrio e ética, trouxe mais transparência ao Poder Legislativo. O papel da TV é fundamental para a democracia e para garantir a participação popular nas nossas decisões”.

Flávio Arns (Podemos-PR)

“Parabenizo a TV Senado pelos 25 anos comemorados hoje e sua importante atuação na inclusão e democratização da comunicação legislativa. É um canal aberto de interação com a sociedade, por meio de conteúdos que importam e impactam a população em geral”.

Rogério Carvalho (PT-SE)

“Hoje é um dia especial, pois completamos 25 anos da TV Senado. Um canal da comunicação que leva transparência e informação da melhor qualidade ao povo brasileiro. Parabéns para todas e todos os profissionais que construíram e constroem essa linda história”.

Jader Barbalho (MDB-PA)

“Parabenizo os 25 anos de sucesso da TV Senado. Acompanho a evolução, desde o início desse importante e necessário veículo de comunicação. O meu abraço aos profissionais que construíram essa bela história de competência”.

Humberto Costa (PT-PE)

“A TV Senado completa hoje 25 anos fazendo uma comunicação de qualidade e comprometida com a democracia. Parabéns a todos envolvidos diariamente nesse fantástico trabalho. O Brasil precisa de informação de qualidade. E a TV Senado é um marco nesse campo. Vida longa”.

José Serra (PSDB-SP)

“Parabéns à TV Senado por seus 25 anos. Seu papel é importantíssimo, pois democratiza a informação e permite que todos os cidadãos acompanhem o que é feito dentro do Senado Federal. Parabenizo também a todos os profissionais que fazem parte dessa história”.

Esperidião Amin (PP-SC)

“Tive o privilégio de assistir ao nascimento da TV Senado como senador, em fevereiro de 1996. E agora, posso fazer um retrospecto, com uma pergunta: vocês já imaginaram se nesta evolução midiática que vivemos e estamos vivendo, nós não tivéssemos a TV Senado?”.

Lasier Martins (Podemos-RS)

“Parabéns à TV Senado pelos seus 25 anos. Cumprimento aos profissionais que levam diariamente ao ar sua programação, com profissionalismo, dedicação e espírito público. A transmissão para todo o país das atividades da Casa contribuem com a democracia e o direito à informação”.

Wellington Fagundes (PL-MT)

“Parabenizo a TV Senado que completa hoje 25 anos, levando o Senado Federal para os lares de milhares de brasileiros, fortalecendo a democracia e deixando o processo legislativo ainda mais transparente”.

Alvaro Dias (Podemos-PR)

“Hoje é dia de aplaudir e celebrar os 25 anos da TV Senado. Meus parabéns aos profissionais que diariamente se empenham em levar aos brasileiros as informações. Sigam em frente, informando e incentivando o cidadão a participar das decisões tomadas em favor do Brasil”.

Daniella Ribeiro (PP-PB)

“A TV Senado completa hoje 25 anos de um trabalho que só vem evoluindo e fortalecendo a democracia. Parabenizo a todos que fazem e que fizeram parte desta história. Profissionais muito competentes, que trabalham com afinco, responsabilidade e transparência”.

Fernando Bezerra (MDB-PE)

“Parabéns à TV Senado pelos seus 25 anos de criação. Um canal que ajuda a fortalecer a democracia, divulgando a atuação parlamentar com transparência e seriedade. Aproveito para parabenizar a todos que ajudaram a realizar a história desse veículo”.

Oriovisto Guimaraes (Podemos-PR)

“Hoje a TV Senado completa 25 anos de existência. Quero parabenizar esse veículo de comunicação que leva informação sobre o nosso Parlamento, para todos brasileiros, com transparência e de forma democrática. Parabéns à equipe que faz parte da história e da evolução da TV Senado pelo trabalho realizado”.

Leila Barros (PSB-DF)

“Agora, comemorando 25 anos de existência, continua firme e pujante cumprindo o seu papel. Parabéns a todos os servidores e colaboradores da TV Senado. Seu trabalho e sua luta são fundamentais para a formação e o exercício da cidadania”.

Jean Paul Prates (PT-RN)

“A TV Senado completa hoje 25 anos de funcionamento enquanto um canal de transparência do Congresso Nacional para que o cidadão acompanhe o trabalho dos parlamentares. Parabéns a toda a equipe pela seriedade e excelência na atuação livre das fake news tão danosas à democracia”.

Fabiano Contarato (Rede-ES)

“Parabéns à TV Senado pelos 25 anos de jornalismo transparente, qualificado e ao alcance de todos os brasileiros! Nossa democracia, tão agredida atualmente, precisa de veículos de informação com credibilidade, que prestem serviço à população e publicizem atos do poder público”.

Jorginho Melo (PL-SC)

“A TV Senado faz hoje 25 anos. Um meio de comunicação que nasceu para ajudar a democratizar a informação em nosso país. Não é uma emissora que está à disposição do Senado e sim do cidadão, que pode acompanhar e participar de debates e decisões que impactam a vida de todos”.

Jarbas Vasconcelos (MDB-PE)

“Parabéns a TV Senado pelos seus 25 anos de história. Uma democracia forte se faz com uma comunicação ética e transparente. Seu papel é fundamental para que todos no país possam acompanhar a atuação do Parlamento”.

Zenaide Maia (Pros-RN)

“Parabéns, TV Senado, pelos 25 anos de trabalho em prol da transparência da atividade parlamentar, da informação confiável e de qualidade, contribuindo, assim, para o fortalecimento de nossa democracia”.

Telmário Mota (PROS-RR)

“A TV Senado completa 25 anos de fundação e em todo esse tempo só evoluiu, tornando-se hoje um dos principais veículos de comunicação do Brasil, que leva informação de qualidade, e em tempo real, para todo o país”.

Mecias de Jesus (Republicanos-RR)

“Parabenizo os 25 anos de história da TV Senado. O veículo exerce papel importantíssimo no fortalecimento da democracia que de forma ética e transparente divulga nossa atuação parlamentar para sociedade, fazendo chegar a todos os cantos do país o trabalho do Parlamento”.

Ciro Nogueira (PP-PI)

“A TV Senado está completando hoje 25 anos de sua criação. São duas décadas e meia de história, cumprindo com muita competência a missão de levar as ações do Parlamento ao conhecimento dos brasileiros”.

Vanderlan Cardoso (PSD-GO)

“Parabéns à TV Senado, que hoje completa 25 anos. A emissora foi a primeira TV Legislativa do Brasil, transmitindo para todo território nacional. Um grande salto em nossa democracia, levando o Senado Federal para dentro da casa de cada brasileiro”.

Styvenson Valentim (Podemos-RN)

“Hoje celebramos os 25 anos da TV Senado. Parabéns ao veículo que todos os dias entra na casa de milhões de brasileiros mostrando o verdadeiro papel do Poder Legislativo. A TV Senado garante à população transparência nas decisões do Senado Federal”.

Weverton (PDT-MA)

“Parabéns para a TV Senado que hoje completa 25 anos. Ao longo de sua história, a emissora tem desempenhado um papel fundamental na comunicação. É um canal importante que possibilita que cada cidadão acompanhe o trabalho do Parlamento. Parabéns para todos da TV Senado”.

Tasso Jeireissati (PSDB-CE)

“Parabéns à TV Senado que, nos 25 anos de sua existência, possibilitou maior transparência das ações desenvolvidas no Senado Federal, fortalecendo a cidadania”.

Roberto Rocha (PSDB-MA)

“Minhas homenagens para os 25 anos da TV Senado, que ao longo de todo esse tempo sempre transmitiu informação com qualidade e credibilidade aos telespectadores de todo o Brasil”.

Mailza Gomes (PP-AC)

“Hoje a TV Senado completa 25 anos! Parabéns a todos da emissora por levarem comunicação pública com qualidade aos quatro cantos do país. No Acre, temos uma audiência enorme. Sabemos do compromisso de vocês em garantir o direito à informação e à expressão a todos os cidadãos”.

fonte: https://www12.senado.leg.br/noticias/

Share This:

uvbbrasil


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Themetf