Secretário do MEC debate desafios da educação básica na Câmara dos Deputados

Secretário do MEC debate desafios da educação básica na Câmara dos Deputados

Secretário do MEC debate desafios da educação básica na Câmara dos Deputados

Secretário do MEC debate desafios da educação básica na Câmara dos Deputados

Secretário do MEC debate desafios da educação básica na Câmara dos Deputados – Um café para debater um melhor ensino na base. Foi assim que o secretário de Educação Básica do Ministério da Educação (MEC), Jânio Macedo, iniciou a manhã de quinta-feira, 26 de setembro. Na Câmara dos Deputados, defendeu a importância dos investimentos nos primeiros anos das crianças.

Para o secretário, se não houver investimento de uma maneira adequada no período de 0 a 3 anos, aumentam as dificuldades de aprendizado. “O nosso conceito é que a creche tem que proporcionar o aprendizado. Não é apenas um espaço para a mãe deixar a criança enquanto trabalha. É um local adequado para contribuir para o desenvolvimento escolar de toda a vida”, afirmou.

Macedo também destacou a necessidade de um trabalho mais colaborativo entre os estados para o desenvolvimento da educação. “Seria um movimento coordenado, mas que respeitasse as particularidades e a autonomia de cada unidade da Federação. Para a educação não existe fórmula mágica. A mágica é trabalho duro e acompanhamento persistente sobre o desenvolvimento de alunos, professores e escolas”, afirmou.

Nesse sentido, o secretário lembrou-se do Compromisso Nacional Pela Educação Básica, lançado em julho pelo MEC em parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime). O objetivo é impulsionar a educação infantil, o ensino fundamental, o ensino médio e a educação para jovens e adultos e tornar o Brasil referência na América Latina até 2030.

O café da manhã foi promovido pelo Livres, um movimento liberal suprapartidário com o objetivo de renovar a política e construir um Brasil mais justo. Além do MEC, estavam presentes deputados federais e organizações sociais que tratam do tema, como o Movimento Todos Pela Educação e o Banco Mundial.

“Eu fico muito feliz de sermos convidados e participarmos de discussões a respeito da educação brasileira, a situação em que ela se encontra e as eventuais estratégias que nós temos para desenvolver uma educação de melhor qualidade”, afirmou o secretário.

Para Macedo, fóruns de discussões como esse são importantes por conta da participação da sociedade. “Podemos ouvir as percepções dos cidadãos, coletar sugestões e ouvir o feedback nas ações do MEC. Não temos como atuar sem ouvir todas as pessoas”, disse.

fonte:www.i9treinamentos.com.br

Share This:

uvbbrasil


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Themetf